Entrevistas

Entrevista exclusiva com o Prefeito Josimar Salles

“Não estou aqui para fazer política, eu estou aqui
para governar essa cidade.”

Ele é advogado por formação, consultor de marketing, marido da Dra. Micheli e pai do Silas e da Gisele. Apaixonado por futebol, hoje, Josimar Salles é o prefeito de Três Rios, no momento mais delicado da história do Brasil e do estado do Rio de Janeiro. Embora tenha assumido uma prefeitura que passava por dificuldades, ele tem retomado as obras paralisadas, atraído novos investimentos para a economia local e está reformando todas as escolas e postos de saúde do munícipio. Como ele mesmo costuma dizer: ‘’nesse momento, o que dá pra fazer é um arroz com feijão, bem feito e bem temperado.’’ E hoje ele responde à todas as nossas perguntas.

Vini: Seu sonho era ser prefeito de Três Rios e você chegou lá no pior momento do Brasil. Era tudo o quê você imaginava ou se arrependeu?

Josimar: Realmente, Vinícius, hoje o Brasil e o estado do Rio de Janeiro provavelmente enfrentam o seu pior momento. E nem tudo que a gente quer fazer, pode ser feito. Nós chegamos cortando custos, cargos comissionados, pagando dívidas, colocando a casa em ordem. Não dá para dar emprego para os mais de 23 mil eleitores que votaram na gente. Eu tenho a obrigação de melhorar a cidade para o cidadão e, isso acontecendo, a vida de todo mundo melhora. Hoje, diversas empresas estão chegando, a faculdade de medicina começa a funcionar em breve, obras estão sendo retomadas. E mesmo com alguns fakes tentando diariamente desestabilizar o governo, nós não perdemos tempo com isso. Nosso compromisso é com o cidadão, e nós vamos seguir trabalhando.

Há alguns anos paralisada a obra  da Praça do Triangulo foi retomada e a obra concluida com uma grande economia

Vini: Herdando uma prefeitura com dívidas, você teve que tomar algumas atitudes impopulares, e talvez a quê mais renda críticas seja a COSIP. Como é explicar para o cidadão que ele precisa pagar mais uma taxa?

Josimar: O político que ama a sua cidade sabe que não pode governar fazendo só política, preocupado com a eleição. Eu estou preocupado é em passar o momento que estamos vivendo hoje. Eu me preocupo com quem precisa da saúde, e dos serviços prestados pela prefeitura. A PMTR estava há dois anos sem pagar com regularidade à Light. Quando assumi, a dívida já passava de 10 milhões de reais. E ainda temos que fazer a manutenção em 8 mil pontos de luz espalhados pela cidade. Para você ter uma ideia, a COSIP representa aproximadamente 350 mil reais por mês de arrecadação, e o gasto com a iluminação pública por mês ultrapassa 1,2 milhões de reais. Então, se arrecada com a COSIP apenas um terço do que gastamos com iluminação pública. E diferente do quê falam, a Prefeitura ainda não recebeu repasse algum dessa contribuição. Até o momento, estamos custeando isso tudo com a economia que fizemos até aqui.

Na realidade, o próprio Tribunal de Contas do estado determina e orienta que a contribuição seja cobrada. Três Rios era um dos poucos municípios do estado que não tinha essa cobrança. Quem quê quer fazer com que a pessoa tenha um gasto com isso? Mas eu não estou aqui pra fazer política, eu estou aqui para governar essa cidade.

Vini: Várias empresas chegando ao município, como fábrica de cerveja, sucos, leds, faculdade. Mesmo com todas as dificuldades, 2018 vai ser um ano mais feliz pra nossa gente. Dá para o trirriense sonhar?

Josimar: Olha, Vinícius, eu tenho aqui uma boa notícia da FIRJAN e, embora a gente saiba que o maior fantasma do Brasil hoje é o desemprego, pesquisas indicam que a região Centro Sul e, principalmente a cidade de Três Rios teve um resultado positivo na geração de empregos. Para nós, é motivo de muito orgulho. Sabemos que estamos muito longe do quê é o ideal, mas estamos caminhando. Já estamos nos transformando num pólo da indústria plástica, e têm outras empresas do ramo chegando. São mais de 10 indústrias se instalando no município.

Ainda em 2018 pelo menos 10 novas industrias abrirão às portas em Três Rios.

Vini: E com esse trem maravilhoso, com certeza os holofotes estão voltados para nossa cidade e para a nossa região. E isso também atrai mais investidores.

Josimar: Com certeza, para você ter ideia, nós fomos procurados por um empreendedor que vai construir, às margens da BR040, um novo centro de logística para instalação de indústrias e empresas do segmento logístico, com mais de 30 ou 40 galpões. Estamos com os dois novos hotéis funcionando, a chegada da faculdade de medicina no segundo semestre. Só notícia boa! E esse projeto do Trem Rio/Minas que está fazendo um sucesso extraordinário.

Projeto patrocinado pelo Grupo Mil promete movimentar turismo da região.

Vini: Quando Brizola foi governador, ele criou o Brizolão, e quando seus sucessores chegaram ao poder, tentaram de todas as formas apagar sua marca. Já em você não vejo esse egoísmo. O que é bom tem que continuar, e o que é ruim ser mudado?

Josimar: Eu tenho pedido a Deus por sabedoria, saúde, energia e humildade. Isso é gestão, fazer as coisas pensando nas pessoas, independente de quem fez o quê. O oncológico tá aí, o Vinícius começou a construir o Centro Oncológico, construiu um prédio lindo, mas ainda não funcionava, não tinha equipamento, não tinha os profissionais, o convênio com o Ministério da Saúde, a autorização e o credenciamento para funcionar. O quê nós fizemos? Fomos à Brasília, ao Ministério da Saúde, e colocamos para funcionar. Não importa quem começou, o importante é que a população tenha o serviço.

Centro Oncológico agora em funcionamento.

 

Vini: Três Rios tem se transformado em um pólo da educação, e você tem seguido esse caminho, consolidar ainda mais a marca da educação no município.

Josimar: Três Rios se constitui como um pólo de ensino superior. Estive agora com o reitor da Rural em Brasília, e conseguimos investimentos para manutenção e melhorias, e vamos conseguir mais um curso para a rural. É um momento muito importante para a nossa educação. Ainda podemos contar com a UNIVÉRTIX, Pólo EAD da Estácio de Sá e a chegada da SUPREMA.

Ainda esse ano acontece o Vestibular da SUPREMA.

Vini: Você vem à reeleição?

Josimar: É muito cedo para falar isso, tudo tem o seu momento certo. Eu só sei que Deus governa o meu destino e eu deixo nas mãos dele. Nas mãos dele e nas mãos do povo. Minha família vem sofrendo muito. Eu durmo pouco, como quase nada, mas sei que é a minha missão e eu tenho ciência disso. Falta pouco tempo para as próximas eleições e quase ninguém tem seu candidato ainda. O nosso povo está descrente, mas só através do voto consciente podemos construir um país digno, honesto, eficiente, um país que seja realmente bom para sua gente. Eu não gosto de apontar culpados, eu gosto de fazer a minha parte. Se cada um fizer a sua, nós teremos um país melhor.

Silas, Gisele e Michele com Josimar. Linda Família!

Vini: Na sua opinião, quais seriam as maiores conquistas nesses 16 meses de governo?

Josimar: Olha, Vini, em um ano e meio, conseguimos reformar todas as escolas, estamos reformando todos os postos de saúde, construímos a praça do Triângulo, obra que estava paralisada há anos, reformamos a quadra da praça da Rua da Feira, a escola de Hermogênio Silva foi ampliada e reformada, no Km 21, reabrimos a escola que havia sido reformada por Furnas e se encontrava fechada. Ainda na área educacional, realizamos a FEATRI, que foi o maior evento educacional da história da cidade. Além de lançar o projeto ‘’Três Rios de Mãos Dadas Contra às Drogas’’, que acolhe e orienta famílias que vivem esse drama.
Já conseguimos calçar algumas ruas com bloquetes produzidos pela própria equipe da Prefeitura, além de reformar diversas quadras.
Construímos o PSF do Pilões, e estamos terminando as obras das unidades do Purys e da Morada do Sol.
E ainda esse ano, inauguraremos a Praça da Juventude, o campo do Cruzeirinho e a estação ferroviária para receber o Trem Rio x Minas.
Na área econômica, ainda esse ano, teremos a inauguração da Green People, Hocus Pocus, GE Selma e pelo menos mais 10 indústrias.

Nesse bate-papo, vimos que com muita garra e perseverança, o Prefeito Josimar Salles e sua equipe estão tentando ao máximo fazer o melhor para nossa cidade. As dificuldades são muitas, mas se cada um fizer a sua parte viveremos em um País melhor!

Deixe um comentário :)

Seu endereço email não será publicado.

Você pode gostar